Que tipo de conteúdo e-learning você deve criar?

Qual o melhor tipo de conteúdo e-learning se você deseja entregar informação em pequenas partes? Os alunos precisam de lições rápidas que informem e eduquem. No entanto, nem todo conteúdo atinge esses objetivos. Então, como decidir qual tipo de conteúdo e-learning você precisa criar?

3 tipos de conteúdo e-learning que os alunos precisam

7fdb909ca3e5319c496c3ef78e3b2e18-768x3842

O conteúdo do e-learning geralmente se encaixa em uma dessas três categorias: suporte de desempenho, experiência de aprendizagem e informação. Veja cada uma delas:

  1. Suporte ao desempenho incorpora ferramentas e recursos de aprendizagem em um momento de necessidade. Neste caso, um aluno pode exigir um pouco de informação rapidamente para executar uma tarefa.
  2. Experiência de aprendizagem é o conteúdo que constrói habilidades e comportamentos. Este tipo de conteúdo e-learning é fundamental na mudança de percepções. Ao contrário do suporte ao desempenho, que rapidamente atende a demanda de conhecimento de um aluno, as experiências de aprendizado transformam comportamentos ao longo do tempo.
  3. Informação é o conteúdo que se situa entre suporte de desempenho e experiência de aprendizagem. Este conteúdo suporta o desempenho de aprendizagem, especialmente quando há um contexto para a sua aplicação. Por exemplo: você pode criar conteúdo sobre o conhecimento do produto destinado a vendedores experientes.

Mas, fique sabendo! Antes de começar a escrever, você deve decidir que tipo de conteúdo e-learning é adequado para o seu público-alvo. Você pode incorporar elementos de duas categorias ou combinar todas as três.

Aqui estão as 3 principais categorias de e-learning digital em mais detalhes:

1. Suporte de Desempenho

É comum alunos pegarem seus smartphones quando desejam acessar informações rapidamente. Na verdade, 80% das pessoas usam um mecanismo de busca para encontrar respostas a consultas. A internet oferece aos alunos uma riqueza de benefícios; eles podem ganhar com as experiências e os conhecimentos dos outros e se comunicar com estudantes internacionais.

A nova tecnologia tornou mais fácil para os alunos encontrar informações relevantes e prontas na web quando precisarem. Mas nem todas as informações online alcançam esse objetivo. Os alunos podem descobrir um recurso que lhes oferece o conselho errado ou se deparar com informações que diferem dos objetivos de seu projeto ou de sua empresa.

Criar conteúdo de suporte de desempenho para seus alunos pode ajudar a superar esses desafios. Como esse tipo de conteúdo é importante em um ponto de necessidade, ele deve ser claro e conciso, especialmente se um aluno não tem muito tempo para encontrar a resposta correta. A Carney Inc., uma empresa de aceleração de desempenho que oferece recursos para agências governamentais, acredita que o suporte ao desempenho cresce quando os alunos têm múltiplas fontes de conteúdo disponíveis em um momento de necessidade, como, por exemplo, ferramentas de colaboração, tecnologia móvel e mídias sociais.

Deseja fornecer suporte de desempenho para seus alunos? Guias “Como fazer” são ótimos para começar. Eles oferecem informações acessíveis, geralmente em um formato passo a passo, para que os alunos possam aplicar uma habilidade ou resolver um problema. O conteúdo visual, como infográficos, vídeos e diagramas, também pode ser útil, especialmente se eles ajudam seus alunos a realizar tarefas.

Outros tipos de conteúdo de suporte de desempenho incluem falar sobre os conceitos previamente ensinados e estudos de caso – investigações de uma pessoa ou grupo que fornecem aos alunos conhecimentos profundos sobre comportamentos, atitudes e tendências. Aplicativos, modelos e PDFs interativos podem ajudá-lo a se envolver com os alunos ao usar técnicas de suporte ao desempenho.

Clickmob ead - Conteúdo e-learning: Experiência de Aprendizagem

2. Experiências de Aprendizagem

Aprendizagem baseada em sala de aula certamente serve um propósito, mas irão existir momentos em que você quer introduzir novas experiências de aprendizagem em seu curso. O tipo de experiências que você irá criar depende das habilidades e dos comportamentos que você está tentando desenvolver. Por exemplo: você pode querer melhorar as habilidades práticas de um aluno – habilidades que se relacionam com a aplicação da teoria e do conhecimento – e outras habilidades de comunicação ou comportamentos, como a consideração de ética ou segurança antes que uma decisão seja tomada.

Várias técnicas de aprendizagem podem ajudá-lo a ensinar habilidades e comportamentos. Estes incluem plataformas de micro-aprendizagem como Duolingo, jogos que testam a compreensão de um aluno, estudos de caso, pesquisas que medem atitudes dos alunos e demonstrações em vídeo.

3. Informações

Às vezes, os alunos precisam de informações rápidas que aumentem a compreensão de um tópico. Por exemplo, você pode querer oferecer atualizações sobre legislação para advogados corporativos que precisam dessas informações rapidamente.

Um exemplo de informação em um contexto de e-learning: Smart Serve, um programa de treinamento de bebidas alcoólicas sediado em Toronto, criou uma campanha de conscientização para que o público pudesse aprender mais sobre as leis que os bartenders devem seguir.

A campanha forneceu fragmentos de informação em pequenas partes que informaram e educaram o público sobre o comportamento responsável de beber.

Às vezes, o apoio à informação e ao desempenho andam de mãos dadas, especialmente se você oferecer informações que satisfaçam a curiosidade de um aluno a seu ponto de necessidade, como, por exemplo, um guia de conhecimento do produto que oferecer aos alunos informações e suporte de desempenho de uma só vez.

Outro tipo de conteúdo e-learning que incorpora suporte a informações e desempenho é um folheto digital, que ilustra informações com recursos visuais claros e auxilia um aluno em um momento de necessidade.

Existem outros exemplos de informações e experiências de aprendizagem sobrepostas, como uma demonstração em vídeo que aumenta a compreensão do tópico. No entanto, se você separar esses dois tipos de conteúdo, pode segmentar dados demográficos diferentes.

Pronto para começar?

Os alunos, hoje em dia, estão clamando por um aprendizado em partes, digital e multi-dispositivo que suporte suas necessidades. Em seu próximo projeto, desafiamos você a pensar de forma expansiva e além do curso – tentar criar aprendizagem digital que atenda todas as necessidades de seus alunos.

Comentários

comentários